Casamento Perfeito Bacalhau e Vinho

Um dos pratos mais importantes da ceia de Natal no Brasil e da consoada em Portugal é o deslumbrante Bacalhau (Gadus morhua). Sem dúvida sempre regado com muito azeite e batatas. Essa iguaria, que os portugueses carregaram aos quatro cantos do mundo espalhando sua cultura gastronômica, tem muito destaque nos mais diversos lares nesta época de final do ano.

O Gadus Morhua é considerado pelos especialistas o verdadeiro Bacalhau, ele vem do extremo Norte do oceano Atlântico e é considerado o mais nobre e com mais qualidade. Quanto ao seu aspecto quando em salga apresenta-se com cor palha e uniforme, mas quando passa por cocção suas lascas mostram-se claras e com sabor incomparável.

São tantas as receitas produzidas com Bacalhau na atualidade e são tantos os ingredientes que podem serem adicionados a essa iguaria, que se torna um verdadeiro e delicioso desafio buscar uma harmonização impecável com cada prato. Portanto, concentrar nos principais ingredientes pode ser uma boa estratégia de trabalho.

É uma constância a pergunta, afinal com Bacalhau serve-se vinho Branco ou Tinto ?
A resposta é os dois, o tipo de prato preparado com o Bacalhau é que definirá o melhor pairing, claro observando o gosto das pessoas.

Uma boa opção para harmonizar com a receita mais tradicional com esse peixe tão nobre, são os vinhos brancos com passagem em barrica, pois se tornam ainda mais elegantes, complexos e untuosos e combinam perfeitamente quando ele é servido em postas com batatas e regado em bastante azeite.

Outra alternativa são os vinhos tintos leves com boa acidez para quando a receita for mais carregada em ingredientes intensos como é o caso da Salada de Bacalhau que leva salsa, coentros, cebola, pimentões, azeitonas, pimenta, alho e azeite.

Há também as receitas com o Bacalhau em postas cozidas que são levadas para gratinar no forno sobre cebolas e batatas e embebidas com um sublime creme com natas. Geralmente esses pratos são mais untuoso e penso que nesse caso, harmonizam tanto com brancos untuosos como também até um bom tinto.

Falando em Bacalhau não podemos esquecer dos bolinhos, que em Portugal são chamados de Pastéis de Bacalhau. Nesse caso um belo espumante da Bairrada produzido pelo método tradicional, um Blanc de Noir com a casta Baga seria impecável.

Algo importante que não podemos esquecer é que aquelas regras tradicionais e históricas que existiam para se fazer o pairing entre alimentos e vinhos, na verdade na atualidade foram “colocas em xeque”, alargou-se muito mais as oportunidades de casamentos na enogastronomia e sabe-se muito bem que muitas vezes o que era considerado um sacrilégio hoje é apreciado no mundo dos vinhos moderno, sobretudo o respeito e a liberdade sobre a decisão do que agrada ao seu próprio paladar individual, e como consequência a sua experiência com o Bacalhau e o Vinho seja a mais fantástica possível.

Desejo uma excelente experiência, saúde e feliz natal !!!

*********************************************************************************************************

📩 dayanecasal@bacozon.com

📲 https://www.facebook.com/dayane.casal.3

📲 https://www.instagram.com/dayanecasal

📲https://www.twitter.com/dayanecasal 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s