Vinho nas Festas de Final de Ano

A presença dos vinhos nas festas e comemorações é algo que acompanha a humanidade desde seus primórdios. Há diversos relatos que os gregos e os romanos o bebiam com frequência em suas celebrações, e nos dias atuais essa bebida de Baco não pode faltar nos momentos de festividade nas reuniões familiares e entre amigos.

As festas de final de ano são um grande marco de comemorações do ano que se finda e da esperança de um ano novo ainda melhor. Nesse momento as pessoas tem suas agendas preenchidas por inúmeros eventos, festas de confraternizações do trabalho, momentos com os amigos e é um período mais dedicado a rever e estar com os familiares, e em todas essas oportunidades o Vinho sempre está presente, seja com um flute de espumante, uma tacinha de vinho branco ou rosé, ou saborear os encantos da enorme variedade de estilos de tintos e vinhos de sobremesa.

Os espumantes são sempre uma forma elegante e sofisticada de dar boas-vindas aos seus convidados, um welcome com um flute é sempre algo muito simpático. Essa bebida incrivelmente versátil pode acompanhar a festa toda e até todos os pratos de uma refeição se assim agradar ao paladar de quem o está degustando. Existem inúmeros estilos diferentes que vão dos doces até os nature que possuem um teor residual de açúcar mínimo, podem ser produzidos com inúmeras castas e podem possuir uma paleta de cores incrível, variando do branco, rosé e até tinto.

O espumante é o vinho que indiscutivelmente não pode faltar nas festas, mas impreterivelmente não pode faltar no momento da virada do ano, no réveillon, é importante se atentar a temperatura de servir o espumante para não pecar ou comprometer a degustação da bebida, ele deve ser servido entre 6ºC à 8ºC. Se a opção for servi-lo só na entrada ou só junto a sobremesa, deve-se optar por menos doces para o start e mais doces junto a sobremesa para seguir a regra clássica da harmonização por associação de sabores.

Atualmente existe uma enorme variedade de estilos de Vinho Branco, que realmente encantam aos enófilos que gostam de apreciar vinhos diferentes. Há desde vinhos brancos de beira de piscina que são leves, frescos, frutados, fáceis de beber e que fazem alguns apreciadores até passarem da conta degustando várias taças seguidas. Já quando a gastronomia é mais rica e requintada como um belo prato de bacalhau rico em azeite e batatas, prato que está na mesa de muitas pessoas no natal a dica é um vinho branco mais untuoso, com passagem em barrica de carvalho e que dá um toque de complementariedade na harmonização para a ceia de natal.

É sempre uma bela sugestão o Vinho Rosé como aperitivo ou até mesmo como acompanhante de uma salada ou pratos com frutos do mar, essa bebida é muito consumida na época do verão, mas também em épocas de festas onde as reuniões são sempre com muitas pessoas e que possuem inúmeros perfis diferentes, e os rosés sempre complementam os eventos. As tonalidades dos rosés variam conforme o toque que o enólogo o deseja produzir, mas a certeza é que são encantadores aos gostos refinados e delicados de muitos apaixonados por vinhos.

Já os Vinhos Tintos são geralmente o ponto alto nas festas, onde acompanham de modo geral como casamento perfeito o prato principal. Os terroirs e estilos de tintos são um verdadeiro universo de possibilidades, mas se já se sabe o perfil do que agrada aos convidados e também já definido o menu, fica bem mais fácil decidir qual melhor tinto servir. Pratos com carnes vermelhas, carnes de caça ou até mesmo uma posta de bacalhau preparado com especiarias ou com mais untuosidade, podemos servir junto vinhos tintos que tenham mais corpo, mais estrutura, mais tanicidade e volume de boca. Minha sugestão para decisão deve ser baseado nessas informações acima e sobretudo buscar por castas que já lhe agrade ao paladar.

Uma festa bem elaborada tem que ter o seu Grande Finale e é nesse momento que cabem os mimos dos anfitriões, seja com um flute de espumante especial ou vinhos que são elaborados com mais teor de açúcar residual, os conhecidos Vinhos de Sobremesa , que são um verdadeiro acarinhar a alma. Existem no mercado inúmeros estilos de vinhos de sobremesa, como os vinhos (do Porto) que são os mais famosos do mundo, os vinhos feitos com uvas congelados no próprio vinhedo ( Ice Wine) , os vinhos que são conhecidos por passarem pela podridão nobre (Botrytizado) e os vinhos produzidos com uvas colhidas bem mais tarde onde se concentra o açúcar residual da uva ( Colheita Tardia).

As festas findam e ficam as inúmeras recordações dos momentos maravilhosos vividos juntos aos familiares e amigos. Uma das formas de guardar as lembranças são as coleções de rolhas degustadas que os enófilos colecionam e que sem dúvida são o retrato físico de quantos momentos alegres e divertidos foram desfrutados na vida. Desejo Boas Festas a todos e inúmeros néctares de Baco em suas taças. Saúde!

 📩 dayanecasal@bacozon.com

📲 https://www.facebook.com/dayane.casal.3

📲 https://www.instagram.com/dayanecasal

#bacozon #mundodosvinhos #mundodosvinhosbydayanecasal #dayanecasal #culturavinica #culturavinicanaamazonia 

2 comentários sobre “Vinho nas Festas de Final de Ano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s